terça-feira, julho 15, 2014

Foco, força e... jaca.

Foco: palavra que está danada. Amaldiçoada. Estragada. Você fala "foco" e eu já imagino uma hashtag antes da palavra, seguido de um selfie de uma maromba escrota no espelho da academia. #focoforçaefé  Meu ovo, maromba escrota!

Acontece que, na realidade e ignorando as marombas irritantes, foco é, mais que uma hashtag, uma palavra pra se levar pra vida.

Nessa longa e contínua estrada da perda de peso, foco é a palavra. Foco é o estilo, o meio, a saída. Você deve, mesmo, respirar foco. Foco exige concentração... ou foco é concentração? Foco se mistura com força de vontade. Sem foco, tudo danado. Focar não é fácil e se manter focado é pior ainda.

Quando tive contato com o foco, soube. Era um sentimento forte e, até, de equilíbrio. É como estar em cima de uma corda bamba, presa entre dois arranha-céus, com toda uma cidade lá embaixo. A coisa é braba.

É preciso muito foco pra dizer não pras comidas que falam mais forte com você e pra todos os desvios que você pode cometer nesse período.

E, falando em desvios, nós também temos uma palavrinha irritante pra isso: jaca, do verbo jacar. :)

Não sei se é meu lado underground que grita com essas palhaçadas mainstreamnidades, com o perdão da criação da palavra, mas essas palavras-moda, que estão em todos os perfis do Instagram, ugh, me embrulham um pouco. Até mais que um pouco.

Diferente de "foco", "jaca" não tem perdão algum da minha parte. Escroto e só escroto. Entretanto, de uns dias pra cá, acredito que depois que o Brasil ficou fora da Copa e todos se desesperaram com as comilanças feitas em prol dos gols, tenho visto muitas pessoas no Instagram se lançando um desafio: "15 dias sem jacar" Ahhhh, e eu adoro um desafio!

Adoro desafios, não só de curtos prazos, não só fáceis. Já me meti em cada um... que fica pra outro dia contar. Desde que vi o #15diassemjacar, achei interessante. O problema é que eu estava com receio de tentar ESSE desafio. Afinal, se é pra usar a palavra, eu passei a minha vida sendo a Rainha Jaca  tudo o que eu comia era "jaca"  e é absolutamente normal que eu "jaque" (e o verbo vai sendo conjugado...) de vez em quando. De vez em sempre. De vez em bastante, mais do que deveria.

Estou me reeducando, mas posso dizer que, em todas as semanas, arrumei um espacinho pra uma fatiazinha de bolo... quem sabe até 3? Arrumei espaço pra um chocolatinho, uns biscoitos recheados (3.. 6, enquanto antes era o pacote todo  o que dá mais de, pasmem, 1000 calorias!) e até uns biscoitos Maizena (no caso, meio pacote enquanto antes era um pacote inteiro). Então, com todas essas mordomias e indulgências que eu mesma venho me concedendo com o passar das semanas, 15 dias regrados... bem, me dói! É isso. Não é que é não vou conseguir, se tentar. É que não quero abrir mão das indulgências!

Pois bem, não deveria ser assim. Está aberta a temporada regrada: 15 dias sem jacar! Vou tentar postar todas as refeições lá no Instagram  Às vezes falta saco. Uma boa de postar todas as refeições é pensar bem antes de comer algo torto, gordo.

Conclusão: Vai ver as palavras toscas estão aí pra nos ajudar.

E, antes de ir, deixe-me atualizar vocês: Eu peso 135 kgs! :D Não completou os 4kgs da meta de uns posts atrás, mas também não completou um mês. Felicidade enorme  sem falar no bem-estar e na autoestima lá em cima  quando vi o número lindo na balança! Corri aqui pro blog pra atualizar a bonequinha caminhante ali embaixo. :)

18 comentários:

  1. Oie.. muito bom seu post, adoreii, rss.. Como as palavras viram moda né? E no fim, acabam deixando de dizer o que deveriam.. E nos faltam palavras para dizer muitas coisas.. Mas é isso aí flor, o que ajudar, é bem vindo!! Eu também me concedo indulgencias, e acho que isso faz parte da Reeducação Alimentar, se a gente ficar tipo 15 dias sem Jacar, no décimo sexto, comemos o pacote todo de bolacha, pelo menos eu sou assim.. rss.. Boa sorte no desafio, mas vai com calma.. Beijoss

    ResponderExcluir
  2. Haha, oi, Lia! Você me deixou preocupada agora... Tomara que eu não cague tudo no 16º. Mas vai ser bom, o desafio, pra dar uma segurada nas indulgências.

    E, sim, as palavras viram moda que é uma coisa louca... Mas, se, pelo menos ajudar... Tá valendo! :)

    Beijocas!

    ResponderExcluir
  3. Venho agradecer a visita ao meu blog e seguir o teu. Desculpa ter demorado tanto... Tinha aberto o blog para me lembrar e tudo, mas não tive oportunidade de comentar e seguir, comecei por ler os posts para trás e só agora pude comentar :)
    Primeiro tenho de dizer que adoro o título de blog :) e de dar os parabéns por te teres decidido a começar a luta pelo teu objetivo! Pode demorar, mas já estiveste mais longe. E o melhor de tudo é que já começaste - e essa é a parte mais difícil e que costuma demorar mais tempo. Agora que estás decidida e no caminho consegues, é só continuar!
    Dos posts anteriores fiquei com alguma admiração por ti, por identificares e descreveres tão bem os problemas da sociedade. É tudo tão verdade! Concordo com muitas coisas.
    Eu acho piada a essa expressão, "jaca" :P nunca tinha ouvido antes dos blogs e isso, porque não sou brasileira :) acaba por ser repetitivo, mas uma palavra só tem o significado que lhe quisermos dar. É quase uma maneira mais descontraída de falar, até (em alguns casos)...
    Fiquei curiosa com esses desafios em que te meteste! Eu também gosto de desafios em vários campos, sou teimosa e costumo levá-los até ao fim.
    Os desafios até são uma boa motivação, mas o mais importante é mesmo adoptar um estilo de vida que dure mais do que 15 dias - não é preciso abdicar de tudo, só comer com moderação e evitar o que faz mal, guardando para apenas de vez em quando. Desejo a melhor sorte para esse desafio!
    E parabéééns pelo peso! "Boneca caminhante" hahaha adorei! Muito bem, continua com o óptimo trabalho :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha! Que comentário gostoso, terminei de ler rindo. :)

      Muito, muito, muito obrigada por todas as palavras. ♥ Fico feliz que gostas do nome do blog! Você já esteve mais longe? Fiquei curiosa! Vou atrás da tua história. E você tem toda a razão, começar é o mais difícil!

      Me deixou muito feliz você ter se identificado com alguma coisa nos meus posts. De verdade. :)

      Tem razão, o bacana dos desafios é motivar pra continuar no pós-desafio. O problema é que nem sempre continuo (várias situações).

      Um abraço querido e muito obrigada pela visita! :D

      Excluir
  4. Aprendi muito com o teu post, jacar, e outras palavras :) Tive de socorrer-me do google, mas cheguei lá! A ideia das fotos do que comes é muito boa! Estou a ler um livro do Daniel Goleman, O Foco. Não sou muito de mainstreamnidades, mas é um livro bom. Beijinho e força nesse grande desafio!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha, é engraçado demais, né, Ana? Também fico assim com seus posts, sempre buscando um significado no google. Parece até que não é a mesma língua!

      As fotos estão dando certo por enquanto!

      Vou procurar saber desse livro! Obrigada pela dica.

      Beijos, beijos!

      Excluir
    2. És super querida! Promete aqui em público (compromisso, oi?!) que comes menos m*** e eu prometo que me alimento como deve ser! Combinado? Ou seja, você menos jacas e eu me alimento direito (falei bem?)
      Com a história do acordo ortográfico já não sei escrever, pt-pt, pt-br, confusão total! Também tem acordo ai? Como vai isso?

      Beijinhos!

      Excluir
    3. Me desafiando, veja só! :o Hahahaha! Eu tô comendo certiiinho esses dias, Ana! Sem "jaca" nenhuma. Segundo dia limpa! Então... tá valendo! :D

      E falou bem, sim! Aqui tem o novo acordo, que entra totalmente em vigor em 2016, me parece, mas já faz tempo que não escrevo mais lingüiça ou idéia. Haha. No começo era doido!

      Beijosss!

      Excluir
    4. Estão estás a portar-te melhor do que eu! Com o stress só consigo comer o jantar, para o filho não me chatear a cabeça. O calor também não ajuda (desculpas...)
      Beijinhos

      Excluir
    5. No calor não tem nada melhor (e saudável) que sucos e vitaminas! Beeem gelados, hmmm...

      Beijocas!

      Excluir
  5. Estou aqui na torcida por vc, e vou junto nesse desafio, que tbm adoro....essas palavrinhas da moda tem um enorme efeito sobre mim. Qdo lembro da palavra foco vem logo a fé. E isso é o que não podemos perder, nunca, escorrega aqui e ali, mas no final deu saldo positivo? Então vamos em frente. Segue assim que dará certo. Bjkas!!!! Parabéns pelo quilos eliminados, evolução show!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, Silvia! Que bom que elas te ajudam! E, sim, mesmo com escorregões, se continuamos, dá tudo certo.

      E muito obrigadaaaa! :DD

      Beijo enorme!

      Excluir
  6. Ah, Companheira, não é mais 139! E ao final da meta de 15 dias, serão apenas 130, com certeza.
    A reeducação, como tudo na vida, tem 3 fases: na primeira, estamos em lua de mel com a empreitada, fazemos e acontecemos, é só emoção e o peso desaba.
    A segunda é a pior, onde sentimos saudades da vida anterior e lamentamos as dificuldades, sentimos desânimo e temos muitas recaídas. Nesta fase, emperramos na conquista das metas.
    Na última fase, é quando já incorporamos os novos hábitos, não torcemos tanto o nariz para as gorobas verdes e saudáveis, já nos assustamos e sentimos remorços quando nos fazemos de lixeiras para as delícias engordativas ou diminuimos os exercícios.
    Mudar da 2ª para a 3ª fase é questão de persistência e cosncientização crescente. Estabelecer metas ascendentes para as jacadas ajuda, contudo elas não precisam ser banidas, só controladas.

    Estamos na mesma jaqueira, e "vamo" desviando dos frutos!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Cris! :D 135 e não mais 139! Muito feliz!

      Sabe que pra mim foi diferente? Acho que pra mim a primeira e a segunda fase se invertem. Como era difícil no começo! Apesar do peso desabar, era mais difícil. Agora tô mais "engajada" na nova vida! E tá ótimo! Ou vai ver eu ainda tô na primeira fase e não tô nem ligada :o Mas, de fato, já não torço o nariz pras gororobas verdes. Agora como até folha! Haha ;P

      Beijo enorme! Obrigada pelo comentário!

      Excluir
  7. Obrigada pelo recadinho no blog, estamos juntas nessa luta e seremos vitoriosas, bjs

    ResponderExcluir
  8. Adorei o seu blog também! Vc escreve muito bem! Parabéns!
    Vamos juntas na caminhada do emagrecimento, ela é longa, mas ao final chega a recompensa!
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Recompensa, sim! :)

      E obrigada, Roberta! Volte sempre :*

      Excluir

Receba os novos posts por e-mail!