quarta-feira, julho 30, 2014

Só por hoje.

Pois bem. Acabaram-se os 15 dias sem jacar.
Resultado?

Bom, já no décimo quinto dia, que foi ontem, eu fui ao mercado e pirei. Deu vontade de trazer pra casa todas as coisas do mercado. Todas. Coisas que eu nem compro mais. Coisas que nem me apetecem tanto.

Hoje, dia décimo sexto, primeiro dia pós desafio — vencido, está sendo o que as pessoas chamam de "dia do lixo" (êlaiá... eu versus nomeclaturas). A verdade é que não estou comendo nem tanta coisa errada. Mas eu quero declarar o dia de hoje assim! Que seja hoje um dia de muita gordice! Muitaaaa! (A maior gordice do dia até agora foi doce de leite — bem ruim, por sinal — numa metade de crepioca. Nada demais. Mas eu PRECISO me sentir livre, PRECISO dizer que hoje eu posso e vou comer todassssss as gordices do mundo. Estou sufocada.)

O projeto foi lindo. Tranquilo demais, mamão com açúcar. Foram 15 dias bem fáceis de levar. Acho que nos primeiros dias, me deu uma aflição de querer alguma coisa que não podia, já não me lembro bem. Certamente, também tiveram os dias da vontade louca de doce. E os dias da larica geral. Resolvi boa parte disso com banana desidratada.

Tirando os dias mais aflitos, repito, o projeto foi muito tranquilo. Inclusive, pensei em fazer isso uma vez por mês. A ideia original era fechar a boca total pra porcarias durante metade do mês e me controlar e comer porcarias só de vez em raramente, na outra metade do mês. Mas, hoje, vejo que é melhor não.

A verdade é que eu estou em reabilitação. Até mais que isso, porque nunca fui controlada, nunca soube lidar com a comida, minha droga.

Eu, ainda, não tenho capacidade psicológica de me privar totalmente das comidas mais "lixo". Por que? Porque acontece o que me acontece hoje. Hoje, não sei amanhã, eu PRECISO sentir liberdade. É como se estivesse 15 dias em cárcere e agora quero, loucamente, fazer tudo que não pude nesses dias. Não, quero fazer mais que tudo. Quero fazer tudo e mais um pouco!

Você me entende?

Eu não estou nem com vontade de comer alguma gordice específica. Não estou nos dias de larica, não estou nos dias de querer doce desesperadamente. E eu poderia fazer do dia de hoje mais um dia sem jacar. Mas eu não tenho condições psicológicas pra isso. E não é um sistema de recompensa! Não é porque eu fiquei quinze dias clean, que agora posso me recompensar com toda a comida do mundo! Mas é assim que me sinto.

E é por isso que eu concordo com as pessoas que dizem que reeducação alimentar é a melhor dieta. Porque: um, você se reeduca e passa a comer outras coisas, descobrir novos sabores e quantidades e; dois, você não se priva de nada. Isso é importante pra quem tem a cabeça tão envolvida em comer. E a verdade é que, não se privando e se reeducando, raramente você vai comer besteira. A quantidade diminui, os novos sabores entram em cena e, em alguns casos, quando você vai comer aquela comida de novo, ela já não é tão saborosa assim (Claramente, não estou falando de batata-frita com calabresa acebolada!).

Mas, ó, valeu muito a pena! Cada dia superado era uma alegria, um alívio e um 'X' marcado na folhinha! Sim, eu era capaz! — E sou. Só tem o probleminha do pós, que já expliquei. A experiência de postar todas as refeições no instagram, como imaginei, foi muito "seguradora de onda". Afinal, quem quer fazer feio em público? Sem contar que era super legal ver as refeições do pessoal. (Abraço, @dietdukandiary e @robertaluglio!)

Conclusão: não tem conclusão. Eu sou muito volúvel. Concluo que não deveria mais participar de desafios na dieta e me apegar à reeducação. Mas a verdade é que já bati o olho no "10 dias detox". E ainda tem aquele dos tantos dias sem açúcar, que não me escapa! Um dia faço!

E assim vou seguindo, nessa relação de amor e ódio com desafios, instagram, hashtags, nomeclaturas... Perdendo pouco, perdendo muito, parcelando o emagrecimento... mudando.

E hoje vou me permitir. Está tudo bem. Não estou perdida.

16 comentários:

  1. O título do seu post me lembrou do CCA - Comedores Compulsivos Anonimos - Pregam o termo : Só por hoje - eu venci a compulsão....só por hj tal coisa...e assim segue se na luta. O problema é abstinência. EU sou assim, sigo na abstinência até certo ponto depois cismo em querer me recompensar, até ai td bem, mas o problema é parar, não dá pra parar, de certa forma te entendo. Mas estou seguindo essas mobeclaturas e estou de olho num detox....aff, a cabeça pira, o que diabos é isso que a comida nos faz? beijos querida, está indo muito bem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não conhecia o Comedores Compulsivos Anônimos. Interessante. Sim, a abstinência. Esse nosso problema de seguir bem até certo ponto e depois achar justo se recompensar... Não dá certo. Dias difíceis.

      Um beijo, Sil!

      Excluir
  2. Também tenho dias assim, vou ao supermercado e trago montes de porcarias. O meu truque é comer e ir às compras sem fome. Corre muito melhor, para a saúde e para a carteira ;)
    Fiquei muito muito muito feliz por saber que chegaste ao fim do desafio com sucesso de 1000%.
    Uma mudança de hábitos de cada vez, reeducação alimentar, força de vontade e coragem que tu tens imensa, tu vais atingir os teus objetivos! Beijinho grande de parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu uso esse truque também, Ana! :) Se vou ao mercado com fome, é um deus nos acuda! E eu adoro mercado, gosto de ir e passar hoooras...

      Pois é, consegui 100% de sucesso no projeto! Mas confesso que estou tento dificuldade em voltar pro meu normal agora. Está difícil.

      "Uma mudança de hábitos de cada vez" Obrigada, querida. Vou tentar me lembrar disso!

      Beijo grande! ♥

      Excluir
  3. Oi, Companheira!
    "Só por hoje" é o últimos dos 7 lemas de N.A., e como os outros 6, muito sábio e eficiente (já frequentei o grupo devido ao estresse do trabalho de professora).
    Parabéns pelas conquistas! Achei graça na historia da melancia do post anterior... aqui em casa, até a casca e sementes são devoradas - no tal suco verde.

    Continue firme! bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Cris. Vou caminhando devagar. Um dia chego.

      Pois é, melancia, melão... só como forçada! Haha

      Beijinho!

      Excluir
  4. Parabéns! Não é nada fácil completar 15 dias sem jacar, afinal são 15 dias!!! Eu nunca consegui, rsrs.
    Parabéns mesmo, e com desafios ou sem desafios, continue com essa garra e determinação, você pode!
    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Juliana! ^^ Sim, são 15 dias... muito tempo, né? Hahaha Se você tem vontade, tenta de novo! Quem sabe dessa vez não vai? :)

      Agradeço pelas palavras de força.

      Um beijo.

      Excluir
  5. Amei seu texto. rs
    Eu concordo plenamente, tambem nao tenho condições psicologicas pra me privar completamente de comer besteiras. Quando cometo a besteira de fazer isso estrago tudo. Quando tenho muuuuuita vontade de comer um certo tipo de coisa, eu vou la e como. Moderadamente, mas como.
    As vezes esse sentimento de liberdade de poder comer de tudo sem restriçoes é ainda mais benefico, pq sempre damos um jeito de querer aquilo que nao podemos, e quando podemos nao pensamos tanto nisso e acabamos relaxando e comendo melhor. Eu pelo menos sou assim.

    Mas parabens pelo desafio vencido. 15 dias sem jaca é muuuuito bom.
    Continue firme.

    Beeeijo
    Sah

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SIIIIIIIM! É exatamente isso, Sabrina! Eu sou como você. Se eu me permito comer, nem penso muito naquilo.

      Obrigada, viu! Força pra você também!

      Beijão!

      Excluir
  6. Kkkk eu dei muita risada com esse post, pq qd acabou meus 15 dias eu queria desesperadamente comer de tudo, achei que merecia kkk Mas o propósito não é esse ne? Menina, foi interessante vc falar sobre a r.a pq eu estou mesmo pensando em parar a dukan e entrar na r.a, eu acho a dukan maravilhosa pra perder peso rapido, estou perdendo muito peso em pouco tempo, mas fkr salivando de vontade de comer outras coisas é muito sofredor, so que pra fazer r.a tem que fazer a.f e por enquanto ta difícil pra mim, td muito corrido, estou um pouco perdida, n sei o que faço...
    Obrigada por me citar no seu post, adorei...Estarei sempre por aqui vendo as novidades
    Super beijo <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha tá vendo só? É um problema...

      Então, Gi, sobre a RA, acho muito, muito válido! Mas não se preocupa com a AF não. Não tô dizendo que não é importante, jamais. Mas o pouco de AF que faço é caminhada. Só. E mesmo assim, já perdi esses tantos quilos. É importante. E você não se privar de nada, já ajuda muito.

      Outro beijo enorme pra você! <3 Venha sempre, sim. Adoro tua presença!

      Excluir
  7. Passando pra desejar um bom final de semana!!

    *´¨)
    ¸.•´¸.•*´¨) ¸.•*¨)
    (¸.•´ (¸.•` ** Um grande abraço!

    http://segundaeucomecooficial.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Sua lindaaa! Que texto mais lindo e poético! Te entendo muito nesse lance da comida ser a nossa droga, o pensamento é todo voltado a isso e o ato de comer é algo muito, mas muito, prazeroso.
    Minhas considerações sobre o final dos 15 dias são um pouco diferentes das suas, que em breve contarei no blog. ;)
    E não é pq o desafio acabou que vamos parar de curtir nossas preparações fashions, né? Haha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Rô. Infelizmente, é. Muito, muito prazeroso.
      Vou lá no Suchique ler tudo! :D

      E ainda vou postar no Instagram, mas com menos frequência, haha

      Beijão! E obrigada <3

      Excluir

Receba os novos posts por e-mail!